quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Camponato Paraense de Vela Rádio Controlada - Classe RG 65

BRASILEIRO 2011 - Jean Carneiro

Amigos realizou-se em Brasília de 23 a 26 de junho o IV campeonato brasileiro de RG65, participaram as 7 flotilhas nacionais.O evento foi realizado no Clube Naval, as margens do lago Paranoá, no lado sul, relativamente próximo à ponte JK.
O local

O clube possui excelente estrutura para sediar tais eventos, conta com vários restaurantes, salões e piers, não possui obstáculos a passagem do vento, quando ele vem de nordeste/leste/sul, que são os ventos predominantes no local, a organização disponibilizou várias tendas para os competidores e local para guarda dos veleiros.
A raia

A raia foi montada em um espaço de aproximadamente 1000 m2 as margens do Paranoá, com várias bóias colocadas possibilitando diversas configurações de regatas triangulares ou barla-sota.

O vento compareceu ao evento, embora não ficou acima de 8 nós em nenhum momento, e parando em outros, voltando em seguida, a maneira de rajadas longas e contínuas, como a profundidade da raia aparentemente era rasa, tivemos bastantes ondas e marolas, ora causadas pelo vento ora pelas embarcações que passavam à jusante do local das provas.
A água estava cheia de água-pés o que prejudicou um pouco os resultados, em todas as regatas houve quem engatasse nelas colocando a sorte como mais uma variável na disputa!
Os barcos

Estavam lá presentes os últimos projetos nacionais, vou me deter um pouco mais neles.
Little Best, os sempre competitivos LB estavam presentes em menor número nessa edição, um desenho consagrado pelo amigo Paulo Stier, vi poucas variações nele, basicamente quilha fixa ou retrátil e com vários tipos de fabricantes de velas, é um projeto antigo mas em mãos habilidosas ainda é eficiente em qualquer condição de vento, os fabricados ultra finos são os melhores e mais velozes, mas são caros e o Paulo não vende, reparem que os que andam mais (Bercht, Nicaretta...) são dessa versão!
Mutante III, grande projeto do amigo Rezende do rio, os mutantes são muitíssimo bem construídos e bonitos, é o projeto do offset alemão que vem sendo evoluído e desenvolvido por vários velejadores da Barravela, e me parece um barco bem competente com projeto mais direcionado pra ventos mais fortes e contínuos, possui boa velocidade final e equilíbrio, achei que perde um pouco em retomada devido a área molhada.
Rogue, projeto do inglês Graham Bantock, é um belo barco, e seu desempenho cresce á medida que o vento fica forte, é muitíssimo equilibrado e um pouco diplomático nos bordos, demorando um pouco mais pra engatar no vento.
Hauraki, projeto do paulista Lang, é um dos melhores barcos do mundo, e possui um leque de grandes qualidades, grande velocidade final, boa retomada e excelente manobrabilidade, percebi no seu projeto, extrema leveza estrutural, baixo coeficiente de arrasto aéreo, pouca área molhada e uma vela inovadora que diminui a resistência induzida e o coeficiente de arrasto adotando um mastro cônico, anda bem na orça, é ótimo na popa e parece ser um barco all around como o little best.
Vad65 II, do amigo Vadalá, me parece a versão pra vento mais forte do vad65, muito leve estruturalmente, possui conjunto hidrodinâmico bem dimensionado e vante avantajada, possui uma excelente velocidade final e grande orça e equilíbrio, ressalta o inusitado posicionamento das superfícies de controle e velico bem a frente do atualmente convencional, esse barco com vento ganhou campeonato brasileiro e andou muito.
Agustin Moreno, do argentino homônimo, é um barco muito bem feito e acredito ser o mais leve dentre todos os presentes, com bulbo próximo de 500g acelera muito bem e tem uma ótima manobrabilidade, seu ponto forte é a leveza e seu desempenho cresce com a diminuição do vento, foi o único barco com velas convencionais no brasileiro, quanto o vento caiu ele andou muito bem.
Sea Spirit, nosso barco nomeado pelo Afranio, mostrou que evoluiu e apresentou boas características como, leveza, baixo arrasto aéreo e hídrico, boa retomada, boa velocidade final e muito manobrável, é um projeto que nasceu pra vento fraco e depois foi sendo transformado pra all around, mas que precisa ser testado em vento forte, precisa melhorar a vela e o mastro pra andar com os barcos top, e a rigidez estrutural comparada a outros barcos sugere uma redução forte no peso ainda maior, o equilíbrio está mediano, mas o projeto mostrou maturidade.

Stinger, excelente barco do catarinense Pedro Stier, levou de legado todas as boas características do LB e uma a mais a grande aceleração e retomada, sua orça é a melhor, fechada e rápida, tem excelente seguimento, notei baixíssimo peso, eletrônica customizada e perfis hidrodinâmicos finíssimos, me parece ser um barco all around, no vento forte deve embicar pouco, na minha opinião essa característica de andar bem com e sem vento faz dele o melhor barco do mundo! Existem 2 modelos um com materiais mais convencionais e comerciais e os regateiros que são feitos de carbono e customizados.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

AVISO DE REGATA - 12 JUNHO DE 2011 - IATE CLUBE DO PARÁ

Evento: Regata preparatória para o Campeonato Brasileiro.
CLASSES: RG 65

LOCAL: Rio Guamá – Iate Clube do Pará – Belém – Pará

DATA: 12/06/2011



ORGANIZAÇÃO E COORDENAÇÃO GERAL:

FBVRC – Flotilha Belém de Veleiros RC, Classe RG-65 da Associação Náutica Marina de Belém - ANMB

Inscrição:

Até 30 minutos antes do início das provas.


PROGRAMAÇÃO DE REGATA:

Domingo, 12/06/2011

09h00min – Confirmação da inscrição, montagem da raia e outros esclarecimentos

09h00min – Reunião de Comandantes, Apresentação da Comissão de Regata, esclarecimentos das Instruções de Regata, percursos e etc.

09h30min – Início do procedimento de largada para a primeira bateria.

13h00min – Limite para o início do procedimento de largada para a última bateria.

14h00min – Reinício das regatas

16h00min – Início da última regata



REGULAMENTO

REGRAS:

O Evento será disputado e regido pelas Regras de Regatas à Vela, a saber:

a) ISAF/RSD (International Sailing Federation / Radio Sail Division) 2009-2010, (Apêndice E).

b) Regras da Classe RG-65, mastreação a, b e c.

c) A Instrução de Regata e suas atualizações.



ELEGIBILIDADE:

VELEJADOR:

Os requisitos de elegibilidade para competidores é a confirmação da inscrição até o horário previsto.

BARCO:

Poderão participar deste evento os barcos da Classe RG-65


SISTEMA DE PONTUAÇÃO:

Será utilizado o Sistema de Pontuação Linear do Apêndice “A” das Regras de Regata da ISAF / RSD 2009-2010.



CRITÉRIO DE DESCARTE:

1 a 4 - baterias completadas: 0 descarte.

5 a 9 - baterias completadas: 1 descarte.

E assim por diante, mais 1 descarte a cada 5 baterias realizadas. Os pontos referentes a desclassificações por má conduta não podem ser descartados.

OBS: não poderão ser descartados os; “DGM= [69.1(b)(2)] e DNE= [89.3(b)]



TEMPO LIMITE DAS BATERIAS:

O tempo limite para cada bateria é de 20 minutos para o primeiro colocado. Caso nenhum barco consiga concluir o percurso dentro deste prazo a bateria será anulada.

Em cada bateria, após a chegada do primeiro barco, será dado o prazo de dez minutos para que os demais completem o percurso. Os barcos que iniciarem a bateria e não conseguirem concluí-la neste prazo serão considerados como DNF. Em função das condições da regata (tamanho da raia e condições de vento) o júri pode aumentar este tempo limite de cinco minutos para melhor adequá-lo às condições. Todavia, esta mudança deverá ser feita antes da largada de uma bateria e nunca com a prova em andamento.



ALTERAÇÃO NAS INSTRUÇÕES DE REGATA:

Qualquer alteração nas Instruções de Regata será comunicada antes do início da regata.

FREQUÊNCIAS:

Será adotado o sistema de Freqüência Exclusiva determinada pela ordem de inscrição. Sem restrições a rádios de qualquer faixa.



PRÊMIOS:

Serão premiados os três primeiros colocados.

Informamos que esta regata estará contando pontos para o rank 2011.



Em nome da ANMB convidamos a todos para participarem deste evento em uma raia nova e com tempero a mais, a corrente e ventos sempre acima de sete nós. Desejamos bons ventos e uma excelente regata.



Cordialmente,



Afranio Colares

domingo, 5 de junho de 2011

O novo Sea Spirit FC - Feito para ganhar o brasileiro dete ano

Finalmente o Jean fez um veleiro RG 65 dentro das minhas expectativas, o Sea Spirit Full Carbon, totalmente de carbono, extremamente leve, mostrou que veio para dar trabalho no brasileiro deste ano. Baseado em um barco que fez recentemente para o Deniz e para o Gustavo (o vermelho da foto), veio a idéia de fazer um para o campeonato brasileiro totalmente em carbono e com algumas mudanças no projeto original pra tentar reduzir ao máximo o peso. Ele começou pela quilha, tornando-a longa para poder reduzir o peso do bulbo que ficou em 650 gramas, além disto ela é oca. O barco tem uma boca e costado menor que os Little Best, ao meu pedido ele alterou a popa que ficou semelhante ao do Little Best, a quilha que tem agora um formato mas reto e o leme se tornou semi- elíptico, tanto o leme quanto a quilha com um perfil muito fino, o casco leva apenas uma camada de manta de fibra de carbono, com tudo isto o barco com bateria ficou em torno de 1 Kg e com uma rigidez impressionante.


Hoje fizemos uma regata na raia do Iate Clube e ele se mostrou extremamente rápido, ganhando algumas regatas com muita facilidade comandado em algumas delas pelo Jean e em outras por mim. Participaram o Tuca com um Little Best de safra recente, o Luiz com um Sting e o Lucas com um Little Best antigo. O Sting que tem andado muito pouco em ventos fracos mostrou que é bom mesmo nos ventos fortes, o Tuca não teve o rendimento habitual, bem como o Lucas que até recentemente andavam se destacando nas regatas.

A velocidade do Sea Spirit surpreende, tanto no contravento quanto na polpa/alheta, mesmo com o reduzido peso no bulbo ele veleja naturalmente apesar de estar usando uma vela antiga feita pelo Jean, imaginem quando estiver usando a vela nova feita pelo Person.

Ao meu amigo Jean meu obrigado pelo excelente barco, pela sua dedicação e muito estudo, era questão de tempo para você chegar a se equiparar aos grandes construtores de veleiros RG.




Comparativo do Sea Spirit FC e o Litle Best Papão de 2009.



                         Sea Spirit FC                              Litle Best
- quilha                   35 cm                                       30 cm

- Boca                   11,5 cm                                    11,8 cm

- Pontal                 41,2 cm                                    37,2 cm

- Bulbo                  650 gr.                                      700 gr.

- Peso                1.000 gr                                    1.200 gr













A melhor raia de Belém

Apesar de quase sempre freqüentarmos o antigo Iate Clube, antigo porque foi perdido em leilão da Justiça do Trabalho e algum tempo depois foi desapropriado pela Prefeitura. Hoje funciona um arremedo de marina, mas ainda é o melhor lugar para se guardar um barco, principalmente veleiros, os nossos encontram-se lá, bem como todos os eventos da nossa associação são realizados lá. Sempre que queríamos fazer uma brincadeira no Iate com os RGs nós usávamos a piscina, sempre falávamos da possibilidade de fazermos as nossas regatas no rio Guamá, mas pelas marolas das lanchas, jet`s e outras embarcações maiores que por lá trafegam, bem como pela corrente que chega a 5 nós, achávamos que teríamos problemas. Resolvemos finalmente tentar, fui a primeira cobaia, velejei com o papão sozinho, e foi realmente espetacular, muito vento em torno de 10 nós o tempo todo, o papão nem tomou conhecimento da corrente. Na semana seguinte velejamos, eu o Tuca e o Lucas, e ficaram animadíssimos com a raia, comparando, temos os ventos da lagoa de Marapendí com as condições de maré de Comburiu, simplesmente perfeito, vejam as fotos.







terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

O novo Sea Spirit


O Jean finalmente se rendeu aos demais construtores e fez um barco de muito bom acabamento e com soluções já testadas por todos em relação aos eletrônicos. O Sea Spirit foi testado na nossa regata de abertura e em treino que realizamos sábado no Iate Clube e se saiu muito bem frente aos Litle Best e Sting, ficando em terceiro na regata já que ganhou duas, perdeu duas por pura imperícia e não participou da primeira, já que para manter-se fiel aos seus hábitos chegou atrasado e no treino foi imbatível.










O Sea Spirit é feito de fibra de vidro, com leme, que ainda precisa mudar para as soluções mais usuais, e quilha de fibra de carbono, o deck é confeccionado de chapa de PVC, bem como a mesa de servos que é fixada no deck com acesso similar ao do Sting. Com boca menor que os demais ele conseguiu fazer com que seu barco pesasse apenas 1.120 gramas contra 1.138 dos Litle Best mais novos. O barco realmente anda muito bem, precisamos ve-lo com suas novas velas, já que ele usou na regata de abertura uma vela minha e no treino uma vela principal nova e buja antiga. Em resumo, o barco andou bem não importando as velas, é sinal que ele fez a diferença.

Regata de início de temporada - Janeiro de 2011

Tivemos a estreia de 2 barcos nesta regata e prometem dar trabalho para os "little best' daqui e ainda tivemos uma pequena revelação.


Sim, o Lucas, nosso mascote, andou dando trabalho neste domingo e ficou em segundo lugar no geral, tendo vencido uma das regatas. Parabéns!



A estreia do barco tupiniquim do Jean foi muito boa, dando uma suadeira nos "little best" e ficando em terceiro no geral. Perdeu 2 regatas na linha de chegada para o Folgado III por pura ingenuidade. Ainda bem.

Já o Stinger e o Luiz ainda estão em fase de adaptação. Acho que uma regulagem melhor nas velas vai dar uma briga boa.

E por falar em Luiz, ele me falou que está vendendo o "little best" verde, que é uma bala, por sinal. Os interressados devem entrar em contato com ele.9982.5283.

Soube agora noticia fresquinha que o Denis Santana tirou o escorpião do bolso e comprou jogo de velas Seamaster, feitas pelo Peson em RS. Parabéns pela compra, Santana. Com o barco novo do Jean vais começar a ver mais barcos pela popa. kakaaka.

Outro barco que está à venda é um modelo Rogue do Afranio. Ele já encomendou seu modelo novo do 'little best".

Lembrando a todos que o campeonato Sulamericano/ brasileiro será realizado em junho em Brasilia. Aqui pertinho. A flotilha paraense vai estar em peso lá.



Bons ventos a todos


Carlos Eduardo Pingarilho (Tuca)



ps. em outro informativo, darei o posicionamento dos velejadores no ranking RG65.

domingo, 2 de janeiro de 2011

CAMPEONATO SUL-AMERICANO DA CLASSE RG-65


Comunicamos aos velejadores que o Campeonato Sul-Americano da Classe RG-65 será realizado em Brasília no Clube Naval, no período de 23 a 26 de junho de 2011. Estou sugerindo aos membros do conselho da ABVRC que esta regata também seja válida para o Brasileiro, assim seria mais fácil para todos, já que evitaria ter despesas para participarmos do Brasileiro e logo depois do Sul-Americano. Acho que assim fazendo teríamos uma maior participação.

Ranking 2010

Peço desculpas aos amigos por não ter postado mais há algum tempo, digamos que tirei umas férias e estou de volta. Participamos do campeonato brasileiro deste ano na bela Camburiu, o Tuca postou a respeito. Acho que para realizar um campeonato brasileiro o local tem que ser muito bem pensado, apesar de um belíssimo local o delta do Rio Comburiu não foi uma escolha feliz, valeu pelo passeio e por rever os amigos.


Aqui pela terrinha fizemos várias regatas, estou com barco novo, um rogue que comprei do meu amigo Toninho, um belo barco, muito bem fabricado pelo amigo Eduardo Rezende, com acabamento primoroso do Hangar 18 de SP. O barco é bom, mas um pouco pesado em relação aos Litle Best. O Tuca já está com a última versão do Litle Best e o Luiz Machado está aguardando um novo barco projetado pelo Pedro Stier o Stinger, o Jean esta acabando um novo barco que deverá lançar agora em 2011, o ano promete.

Aproveito para desejar a todos os nossos amigos um ano novo maravilhoso de muitas regatas e bons ventos.


Foi considerado o total dos pontos de cada velejador, as datas que estão faltando foi por não ter anotado nas         planilhas.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Tuca Pingarilho - Minhas impressões sobre o Campeonato Brasileiro

Uma competição com uma pitada a mais. A correnteza fez muitas diferenças neste campeonato, associado ao vento ora fraco ora medio, sem contar com a pauleira que pegamos na sexta feira, na classificatória, o Folgado II conseguiu passar direto para a flotilha A, vencendo uma e chegando segundo na outra regata. Como depois da tempestade, todos sabemos o que acontece e não foi diferente, ventos fracos no segundo dia, a briga foi com a correnteza que em diversas vezes os barcos tiveram dificuldades em vencê-la. Muitos feras na raia como o Pedro e Paulo Stier, Vadalá que teve seu barco perdido, o monstro gaúcho que venceu o campeonato, Wilson que foi o segundo, o Rolf terceiro colocado, família Resende bem representando o Rio de Janeiro assim como o Belluco, Michael, o Fernando Campelo de brasilia que se rendeu ao "swing rig", o Paulo Krinke organizador deste maravilhoso evento e todos os outros bons velejadores que abrilhantaram a competição, e que fizeram um campeonato bastante equilibrado, turma boa e amiga, trocando informações sobre vela RG, que era o papo do momento campeão de audiência. Nossos velejadores tiveram algumas dificuldades, o Afranio teve seu receptor oxidado, não dando para concluir suas regatas e mostrar sua regulagem de vela "balão" que bem funciona em nossas águas calmas e ventos fracos como aconteceu no sabado, o Luiz foi melhorando a cada momento em que entrava na água, o Denis com o barco little jean teve dificuldades nas classificatórias por causa do servo de braço que não estava aguentando o tranco. Mostrou a vela painelada confeccionada pelo Jean, que infelizmente não pôde ir, mas fez sucesso, tanto a vela como o barco e temos que falar do nosso mascote Pedro, que teve bons momentos na raia, bem concentrado e fazendo umas regatas surpreendentes, chegando muitas vezes entre os 4 primeiros de sua flotilha. Este gatoro vai longe. Já estamos em contagem regressiva para o brasileirão 2011, que poderá ser em Brasília e esperando que a equipe paraense seja maior e mostrar a nossa força. Teremos pela frente o mundial em Buenos Aires em agosto deste ano, mas é muito próximo desta competição. Vontade não falta para ir. Oportunidade impar, mas...


Abraços a todos e bons ventos


Tuca

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Campeonato Paraense Aberto da Classe RG-65 2010


Neste final de semana tivemos a realização do primeiro campeonato paraense de veleiros rádio controlados da classe RG-65, com participação de sete barcos. A disputa foi acirradíssima entre o veleiro Papão comandado por Afranio Colares e o Veleiro Folgado II comandado por Tuca Pingarilho, sendo este último o grande campeão. Foram trinta regatas em dois dias, o primeiro dia de regatas que iniciou as 10:30 hs de sábado do dia 22, com encerramento às 5:00 hs, o Papão acabou em primeiro e o Folgado II em segundo, no dia seguinte as regatas começaram às 9:30 hs, encerrando às 13:00 hs, com o Folgado II se recuperando e levando o troféu principal. Estiveram presentes, o Comandante Alex representando o Vice-Almirante Rodrigo Otávio Fernandes Honkis, comandante do 4º Distrito Naval, o Capitão-de-Mar e Guerra José Roberto Bueno Junior Capitão dos Portos da Amazônia Oriental e esposa, Capitão-de-Mar e Guerra Alexandre Silveira Villela comandante do Centro de Instrução Alte. Bras de Aguiar, Comandante Edson Silva comandante dos alunos do Centro de Instrução Alte. Bras de Aguiar, Rubens Campos Filho Secretário Municipal de Esporte, Juventude e Lazer, João Carlos Frazão representante da Soamar-Pará.



A Associação Náutica Marina de Belém agradece profundamente a Belém Náutica representante exclusiva para o Pará e Maranhão da Volvo Penta, ela mesma, aquela da Volvo Ocean Race, comandada pelo meu grande e velho amigo Messias (Dinho) e sua esposa Heralda, que se fez presente na pessoa de seu Diretor Hélcio Malheiros e a Belémtur pelo eterno apoio a náutica que é exemplarmente comandada pelo meu querido amigo Wady Khayat, sem eles este evento não teria ocorrido. No caso da Belém Náutica/Volvo Penta, e muito bom ter uma empresa local que acredita nos esportes náuticos, não somente com uma forma de promoção comercial mais para o desenvolvimento e incentivo da prática deste belo esporte, tanto na sua versão RC quanto nos veleiros tradicionais.

Agradeçemos também ao Gustavo Brasil por uma juría exemplar e inflexível no sábado e ao Lucas que assumiu no domingo, aos dois amigos um muito obrigado da flotilha.


Assim ficou o quadro de medalhas, em primeiro o veleiro Folgado II comandado por Tuca Pingarilho, em segundo o veleiro Papão comandado por Afranio Colares e em Terceiro o Veleiro Folgado comandado por Pércio Ayres.




No dia 3 de junho a flotilha paraense composta pelos velejadores Afranio Colares, Tuca Pingarilho, Denis Santana, Luiz Machado e Pedro Machado estarão embarcando para Balneário Comboriu, Santa Catarina, onde representarão nosso estado no Campeonato Brasileiro da Categoria RG-65 2010.


Bons ventos a todos.

domingo, 23 de maio de 2010

Campeonato Paraense Aberto da Classe RG-65 2010 - Resultado

Apesar de poucos barcos o Campeonato Paraense da Classe RG-65 foi muito disputado, em particular entre o Papão e o Folgado II. O Papão acabou o primeiro dia na frente por poucos pontos, invertendo a situação no segundo dia. O Folgado comandado pelo Pércio saiu-se muito bem, conseguindo classificar-se em terceiro. Em quarto o Luiz Machado no Irerê II brigando o tempo todo com o Folgado comandado pelo Pércio , o Jean com um novo barco e velas paneladas veio a seguir em quinto. O Pepê com o Irerê classificou-se em sexto, apesar da pouca idade está começando a velejar como gente grande, vencendo três regatas e em sétimo com muitos problemas em seu barco o Deniz Santana. Os quatro primeiros colocados bem como o sexto eram little best fabricados pelo Paulo Stier, os dois primeiros estavam com velas fabricadas pelo Pedro Stier o quinto e o sétimo eram barcos fabricados pelo Jean.
Para ampliar a planilha clique em cima.

terça-feira, 4 de maio de 2010

A Associação Náutica Marina de Belém se filia a ABVRC

A Associação Náutica Marina de Belém se filia a Associação Brasileira de Vela Rádio Controlada, abaixo o e-mail do Coordenador Executivo da ABVRC, Sr. Antonio Augusto de Souza Lima e os votos dos conselheiros de todo o Brasil;

Srs Membros do Conselho da ABVRC


Comunico a todos que o conselho deliberativo da ABVRC acaba de receber mais um digno membro, o Sr Afranio Colares capitão da flotilha de veleiros RC da Associação Nautica Marina de Belém do Pará em face da aprovação dada a seu pedido de filiação segundo as manifestações a baixo.

Parabéns a todos.

Felizmente a Vela Rc brasileira está em franco desenvolvimento e esperamos que continue assim por muito tempo.

Sejam muito bem vindos velejadores do estado do Pará.

Forte e sincero abraço.

ÓTIMOS VENTOS

Piracicaba 04 / 05 / 2010
Antonio Augusto de Souza Lima

Secretário Executivo da ABVRC

==============================================================

VOTOS

==============================================================

Srs Conselheiros

A Associação Brasileira da classe RG-65 aprova a filiação da flotilha de

veleiros RC do clube ANMB de Belém do Pará

Sejam muito bem vindos

Antonio Augusto de Souza Lima

Coordenador da ABC/RG-65

==============================================================

Senhores Conselheiros da ABVRC

A Flotilha Barra Vela aprova a filiação da Associação Nautica Marina de Belém-ANMB

Eduardo Rezende

Coordenador do Radio Controlado da FBV

=============================================================

Ao Conselho da ABVRC

A Flotilha de Veleiros RC do Clube Asas do Vale, recebe com entusiasmo a

solicitação de aprovação da Flotilha de Veleiros RC do Clube ANMB de Belém

do Pará e VOTA A FAVOR DA SUA INCLUSÃO.

Bons Ventos

Rolf Stange

Cap. de Flotilha do Asas do Vale

Gaspar, SC.

==============================================================

Senhores Conselheiros da ABVRC

Aprovamos a inscriçaõ da Associação Nautica Marina de Belém-ANMB.

William F.Astbury

Coordenador da ABCIOM

==============================================================

Bem vindos, meus amigos...

ACVRC

PEDRO STIER

==============================================================

O CLUBE NAVAL DE BRASÍLIA,

parabeniza a iniciativa de nossos amigos de Belém, e votamos a favor da

filiação desta flotilha.

Abraços

Ademir Nicaretta

==============================================================

Senhores Conselheiros da ABVRC

A Associação Gaucha de Vela Radio Controlada - AGVRC -

aprova a filiação da Associação Náutica Marina de

Belem - ANMB - lhes desejando "Bons Ventos".

Jorge Bercht

Comodoro da AGVRC

===================================================================

Caro Antonio Souza Lima,

a FNVRC vem parabenizar voce a ABVRC pela conquista de mais um membro, agora no norte do país.

É a Vela RC de norte a sul deste Brasil.

Bons Ventos a todos

Toninho Maggessi

FNVRC

Campeonato Paraense Aberto da Classe RG-65 / 2010 - AVISO DE REGATA

Campeonato Paraense Aberto da Classe RG-65 / 2010


1º AVISO DE REGATA


EVENTO: 1º CAMPEONATO ABERTO PARAENSE DA CLASSE RG-65 - 2010.

LOCAL: Praça Ver-o-Rio, Av. Marechal Hermes, Reduto, Belém, Pará
,
DATA: 22 e 23 de Maio de 2010

ORGANIZAÇÃO: Associação Náutica Marina de Belém (flotilha Belém de Veleiros RC)

APOIO: Prefeitura Municipal de Belém
              Belémtur


REGULAMENTO


1 - REGRAS:
O Evento será disputado e regido pelas Regras de Regatas à Vela da ISAF/RSD (International Sailing Federation / Radio Sailing Division) 2009-2012, apêndice “E” regras da Classe RG-65 este aviso de regata e as Instruções de Regata e suas atualizações

2-PROPAGANDA:
Restrita a categoria “A” (Vide regulamento 20 da ISAF)

3-ELEGIBILIDADE:
Os velejadores devem estar registrados na Associação Brasileira da Classe RG65, ter efetuado a sua inscrição e pago a referida taxa.
Documentos exigidos pelas Regras da Classe RG-65.

4-CATEGORIAS:
Os veleiros serão divididos em duas categorias, a Open aberta a todos os competidores e a Especial para veleiros NCR e correlatos. A comissão de regatas em caso de dúvidas determinará a categoria.
Os veleiros participaram das mesmas regatas independente da categoria, se o número de competidores for de 12, se tiver mais que este número, será divido por categoria, com regatas intercaladas.
A cada cinco regatas terá uma parada de dez minutos

5 - PROGRAMAÇÃO:

Dia 22 de maio 9:00 hs Confirmação de inscrição, reunião de comandantes, medição de barcos por amostragem, determinação das categorias.

9:30 hs Raia livre para treinos e reconhecimento
10:00 hs Solenidade de abertura
10:30 hs Início das regatas
12:30 hs Términos das regatas e Almoço
14:00 hs Continuação das Regatas
17:30 hs Término das regatas

Dia 23 de maio 9:30 hs Início das regatas

13:00hs Términos das regatas
14:00hs Encerramento e entrega de medalhas


6 - PRÉ INSCRIÇÕES E TAXA de INSCRIÇÃO:
As pré-inscrições deverão ser efetuadas através do email: afraniocolares@gmail.com
A taxa de inscrição é de R$ 50,00.
Para inscrições realizadas e confirmadas até 15 de maio, (desconto de R$ 20,00), valor da inscrição R$ 30,00.
Para inscrições realizadas e confirmadas depois do dia 15 a taxa será de R$ 50,00
O prazo final para inscrições é o dia 21 de maio. Após esta data, as inscrições poderão ser efetuadas, em caráter extraordinário no local das competições no dia 22/05 até as 10:00, depois deste horário não mais serão aceitas. Procurar a comissão de regatas

7 -INSTRUÇÕES DE REGATA:
As Instruções de Regata serão divulgadas no blog belemnautimodelismo.blogspot.com a partir do dia 15 de maio.

8 - PONTUAÇÃO:
Será utilizado o Sistema linear do Apêndice A da Regra de Regatas da ISAF/RSD
CRITÉRIO DE DESCARTES
05 baterias completadas..................... 1 descarte
10 baterias completadas..................... 2 descartes
15 baterias completadas..................... 3 descartes
20 baterias completadas..................... 4 descartes
e assim por diante, mais 1 descarte a cada 5 baterias realizadas

9 - FREQUÊNCIAS:
Será adotado o sistema de Freqüência Exclusiva determinada pela ordem de inscrição. Cada participante deverá apresentar pelo menos uma freqüência alternativa para o caso de eventuais superposições.
Os velejadores que possuem rádios que operem fora da faixa de 75Mhz devem informar que freqüência irão utilizar,
A freqüência 2,4 GHz é permitida. A Freqüência 72Mhz é terminantemente proibida.

10- PRÊMIOS:
Serão premiados os três primeiros colocados de cada categoria e o fita Azul que será o barco que obtiver o maior número de primeiros lugares em caso de empate será considerado a ordem de primeiros lugares. Os demais participantes receberão medalhas de participação.

11- ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE:
Os competidores participam da regata a seu próprio risco. Considere a regra 4, Decisão de Competir.
As Autoridades Organizadoras, não se responsabilizarão por danos materiais, físicos ou acidentes pessoais relacionados diretamente com o evento que possam acontecer antes, durante e depois de terminado o referido evento.



ANMB

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Regata de abertura de temporada

Domingo passado dia 11 de abril foi realizada a regata de abertura de 2010, tivemos a participação de poucos veleiros, mas muito disputada. Estrearam os novos barcos do Tuca e do Luiz Machado, ambos barcos do estaleiro do Paulo Stier, estão vindo com velas feitas pelo próprio, acho que tivemos uma separação do Paulo com o Pedro Stier que era quem tradicionalmente fabricava as velas para os Little Best. Será que o novo barco do Pedro Stier o "Alforria" tem alguma coisa a ver com isto?


Mas retornando, os novos barcos andam muito bem com as novas velas de desenho um pouco diferente das do Pedro, parecidas com as utilizadas pelos VOR-70. Mas não foi fácil para eles, o Papão deu um suadouro danado chegando em primeiro em quatro regatas de um total de 10, o que mais ganhou, mas não levou obtendo um total de 14 pontos, já que o Tuca com o seu Folgado II, obteve tres primeiros e muitos segundos totalizando 12 pontos . Em terceiro ficou o Luiz Machado com tres vitórias e somando o total de 20 pontos. Em seguida tivemos o Santana com 32 e o Beju com 35, ambos com barcos fabricados pelo Jean, e por falar no Jean, ele participou das três últimas regatas mas não repetiu as suas boas performance. Ele está preparando um novo barco com novo conjunto de velas que promete, vamos esperar pra ver.

O nosso próximo evento é o Campeonato Paraense de Veleiros Classe RG65, programado para os dias 8 e 9 de maio, esperamos que a flotilha se faça presente.



Bons Ventos

segunda-feira, 22 de março de 2010

Lago do Areial a mais nova raia de regatas de Belém

Um lago conhecido, mas que nunca tínhamos experimentando mostrou-se a melhor opção para as nossas regatas. Ele situa-se a 30 minutos do centro de Belém, na estrada de acesso a Ilha de Mosqueiro, em um antigo local de extração de areia. O lago é grande com ventos constantes e sem interferências já que fica em local aberto. As regatas treino que temos realizadas lá tem empolgado a todos. A primeira regata que realizamos há quatro semanas foi vencida pelo Papão tendo o Folgado vencendo quase todas as outras e o Irerê não fazendo feio bem como o barco do Jean. A flotilha está aguardando a chegada de dois novos Little Best e o novo barco do Jean que estão sendo preparados para o campeonato brasileiro. No último domingo retornamos lá em meio a muita chuva, e por isso ventos rodantes fracos que foi muito ruim para o Irerê com sua vela de mylar feito pelo Paulo Stier. O Papão que tinha quebrado a cruzeta das retrancas e por isso não conseguia regular as velas, passou por uma reforma no estaleiro do Jean voltando a correr muito bem, o Folgado como sempre andando muito bem, e o Jean com o barco construído para o brasileiro do ano passado tem tido atuação bastante inconstante, mas ele está preparando um novo projeto com muitas modificações que promete dar trabalho, o Denis com o seu barco azul fabricado pelo Jean não consegue acompanhar a flotilha, Jean para ver qual o problema do barco, participou de algumas regatas com ele, mas também não conseguiu resultados satisfatórios, fazendo com que o Denis suspirasse aliviado já que imaginava que o problema estava atrás do controle e não no barco. Depois de muita chuva e discurssão por manobra polêmica que o Papão realizou na bóia, que alias teve logo na primeira regata depois da reforma realizada pelo Jean, largado depois que todos já estavam montando a bóia de contra vento, um desempenho surpreendente chegando em segundo, fomos almoçar em um restaurante de japoneses próximo ao lago. Outro que também participou foi o Pércio com o seu multicolorido barco construído pelo Jean há bastante tempo, sendo originalmente de mastro tradicional, hoje transformado para rotativo, pela idade do projeto não acompanha o grupo, embora uma ou outra regata chegasse embolado com o pelotão do meio.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Regata do Marinheiro 2009


Peço desculpas aos amigos por não mais ter postado desde o campeonato brasileiro em junho, mais confesso que o dia a dia e a manutenção do blog do afra fez com que meu tempo ficasse curto, somado a um pouco de preguiça. Mas não pensem que ficamos parados todo este tempo, fizemos várias regatas que estão registradas no blogdoafra.space.live.com, constituímos legalmente nossa associação e já iniciamos algumas atividades de cunho social e em benefício de nossos velejadores que informarei oportunamente. Estamos quase todos os fins de semana velejando nos RG’s, a flotilha ganhou um novo Litlle Best, o Irerê do Luiz Machado que já marcou sua passagem para o brasileiro deste ano em Balneário Camboriu, juntamente com o Tuca, o Afranio e o Jean. O Jean construiu um novo barco para o Denis Santana que também vai para o brasileiro, ou seja, em 2005 teremos a participação de cinco velejadores.
A única regata em que a Flotilha Belém participou oficialmente foi a Regata do Marinheiro, promovida pelo CIABA- Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar, no dia 25 de novembro do ano passado, realizada na piscina olímpica. Tanto a regata de veleiros quanto a de rádio controlados tiveram pouca participação, a de veleiros por terem participado uma semana antes da Regata do Círio de Icoaracy onde tivemos muitos problemas (leia no Blog do Afra), e a dos RG`s, noto que já algum tempo muitos velejadores não mais participam, nem de treinos e nem das regatas, acho que a razão se deve ao péssimo desempenho dos NCR`s e dos fabricados até 2008 pelo Jean, não conseguem acompanhar os Little Best e nem os por ele fabricados em 2009, restando poucos veleiros realmente competitivos.
Participaram da regata o Pércio, Jean, Afrânio e o Tuca. A regata ficou marcada por protestos contra o Jean e o pouco vento, finalizando com o Papão do Afrânio em primeiro, o Jean em segundo com barco de sua fabricação em terceiro o Tuca com seu Litlle Best Folgado e em quarto o Pércio com outro barco de fabricação do Jean que pertencia à época ao Tuca, comprado pelo Luiz Machado. Tivemos a participação também do Lucas que abandonou logo na primeira regata com problemas eletrônicos.
Ao fim tivemos a entrega das medalhas pelo amigo e também velejador Comandante Edson Silva do Ciaba (Comandante dos Alunos).
Nas fotos a regata dos veleiros e premiação realizada pela manhã e a regata dos rádio controlados realizada de tarde, logo depois de uma maravilhosa feijoada.